BIOGRAFIA
BIOGRAPHY

NEGÓCIOS
BUSINESS
PROJETOS
LIVROS
BOOKS

HUMOR
MÚSICA
MUSIC
VIDEOS
FOTOS
PHOTOS
CHARGES
EDITORIAL

NOTÍCIAS
NEWS
E-MAIL
 
 

 

ARRAESTAQUI - Exposição de charges de Lailson sobre Miguel Arraes 2008 e 2010
 
 
Exposição Arraestaqui no Museu do Estado de Pernambuco - Dezembro 2008
Desenho gigante de Arraes feito por Lailson Vista do mezanino
Dona Magdalena Arraes e Lailson Clique e veja charges da exposição ARRAESTAQUI
Painel com caricatura gigante Visão geral da exposição principal
Público observa os objetos de Miguel Arraes
Painéis d' O Tempo
Dona Magdalena fala na abertura da exposição
Lailson e Eduardo Campos
Video documentário sobre Miguel Arraes nas charges de Lailson
Eduardo Campos lendo O Tempo
Público na área externa da exposição Arraestaqui
 
Exposição Arraestaqui Recife 2008
 
 
 
 
Eduardo Campos e os objetos do avô Miguel Arraes
Fernando Lyra na exposição Arraestaqui
Lailson fala na abertura da exposição
Ana Arraes e a artista Tereza Costa Rêgo
Dona Magdalena Arraes de mãos dadas com Miguel Arraes representado nos traços de Lailson
O jurista José Paulo Cavalcanti Filho e Lailson
Lailson, Magdalena Arraes e Margot Monteiro
 
Exposição Arraestaqui em Brasília 2010
Anúncio de divulgação da exposição Arraestaqui feito por Lailson e Studio 3 Caras

Miguel Arraes de Alencar foi um dos políticos mais importantes da História do Brasil no século XX e desde seu retorno do exílio na Argélia em 1979 até o ano de 2002, ele foi um personagem constante nas charges de Lailson.

Estas charges foram reunidas em um livro de 200 páginas publicado pelo Instituto Miguel Arraesjuntamente com um DVD com animações e entrevistas de pessoas ligadas ao ex-deputado, ex-prefeito e ex-governador de Pernambuco, além de uma exposição no Museu do Estado de Pernambuco em 2008, que depois foi apresentada no hall de entrada do plenário da Câmara no Congresso Nacional em Brasília em 2010.

O livro ARRAESTAQUI reúne 520 charges publicadas entre 1979 e 2002, relacionadas a assuntos estaduais, nacionais e internacionais, onde Miguel Arraes está direta ou indiretamente envolvido. Dessas charges, 205 apresentam a caricatura do ex-governador pernambucano.

Os textos de apresentação foram escritos pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos - seu neto - e dona Magdalena Arraes, víuva do ex-governador.

A exposição no Museu do Estado de Pernambuco foi aberta ao público no período de 16 de dezembro de 2008 a 31 de janeiro de 2009 e apresentou no mezanino doze painéis com o jornal fictício "O TEMPO" contextualizando os períodos enfocados nas charges.

No espaço principal, mais doze painéis com 200 reproduções ampliadas de charges sobre o ex-governador dividiram o espaço com totens com caricaturas de Miguel Arraes.

Uma mesa expositora apresentava objetos que pertenceram ao político socialista, inclusive uma caixa de charutos que ele recebeu de presente de Salvador Allende e vários objetos de seu uso pessoal como seus cachimbos, livros, canetas , sua última garrafa de uísque.

Em um espaço específico, originais das charges de Lailson podiam ser vistos pelo público e o vídeo documentário - com depoimentos de Francisco Brennand, Abelardo da Hora e Ariano Suassuna, entre outros, era continuamente apresentado no mezanino do museu.

Na exposião de 2010, a instalação foi feita no corredor de entrada do plenário da Câmara dos Deputados no Congresso Nacional, ocupando os 75 metros das paredes do corredor com ampliações das caricaturas de Miguel Arraes e reproduções das charges ampliadas. No Hall da Taquigrafia, que dá acesso ao corredor, uma ampliação gigante da caricatura de Arraes feita por Lailson podia ser vista, além da mesa expositora com seus objetos pessoais e apresentação do vídeo documentário.

Ao lado, veja fotos da exposição e vídeos no final da página.

 

     
 
 
 
 
Copyright©1999 - 2013 LHC Associados
Rua Silveira Lobo, 32 - Poço - CEP 52061-030 - Caixa Postal 16
Recife - Pernambuco - Brasil
(55) (81) 34417006
lhc@lailson.com.br